O transplante hepático emerge como terapêutica cirúrgica atrativa, já que possibilita a ressecção de tumores hepáticos conjuntamente à troca do fígado doente.

São várias as modalidades de tratamento para as doenças hepáticas, seja através do manejo da cirrose, do controle das hepatites virais ou de terapias não-cirúrgicas para tumores malignos  localizados. (ablação com agulhas de radiofrequência, alcoolização de lesões, quimioembolização – todas elas realizadas pela nossa equipe).

O transplante hepático emerge como terapêutica cirúrgica atrativa, já que possibilita a ressecção de tumores hepáticos conjuntamente à troca do fígado doente.

O pâncreas é uma glândula integrante do aparelho digestivo e endócrino, localizada na região abdominal posterior. É órgão sede de lesões muitas vezes insidiosas, com sintomas inespecíficos, mas que possuem potencial agressivo ímpar.

CONSULTÓRIO

Centro de Cirurgia do Aparelho Digestivo